16.9.09

1 - EQUIPE DE LOUVOR



O título do texto pode escandalizar, mas infelizmente é a dura realidade. O que os homens estão fazendo com o Ministério de Louvor, que não se resume só em tocar e cantar, é uma verdadeira vergonha. Tanto dentro das igrejas, muitas vezes por parte da omissão de lideres sem visão, como fora delas, por parte daqueles que se dizem levitas, mas que só exercem a função se o cachê for bom.
Voltando ao assunto Equipe de louvor (leia-se bando), pois sem generalizar, mas isso acontece em muitos lugares, é assim que agimos. Como bando, uma matilha de cães em que o macho ou fêmea alfa, marca o seu território e resolve tudo por sua própria direção, usando seus instintos e é claro , sem a presença do Espírito Santo de Deus.
As atitudes são geralmente tomadas por emoção e não por direção do Espírito de Deus, tomadas por gosto pessoal na escolha de cânticos, e não pela vontade de Deus.

A acepção de pessoas é algo comum. É mais importante tocar ou cantar bem do que ter uma vida debaixo da direção de Deus. Se você é um ótimo instrumentista ou cantor, você tem crédito de andar em pecado, e provavelmente será sempre perdoado pelos lideres, mas não se preocupe você poderá continuar tocando ou cantando, desde que não apareça na igreja alguém mais técnico que você. Aí você tá na roça é banco mesmo. Desculpem o sarcasmo.
Quanto à execução dos louvores, o ministro de louvor sempre exige para os menos técnicos que não errem nenhum acorde, batida ou qualquer som que toquem fora da melodia do cântico. O mesmo não acontece com os que têm mais experiência e são ótimos instrumentista. O porquê disso? Porque esses quando erram geralmente olham para a pessoa mais nova na equipe, e balançam a cabeça como se ela tivesse errado, se eles não fizerem isso, o ministro de louvor faz. Ou seja, se você for bom no que faz você nunca erra. Quanto à vida espiritual, isso não importa é apenas um detalhe. Há outro detalhe, ensaios não existem, é passagem de som, se você aprendeu, aprendeu. Afinal de contas esse é o seu ministério, você tem a obrigação de aprender os cânticos novos que o líder coloca ou de outra pessoa que tem mais influência no louvor. Mas tenta levar um cântico novo. O seu precisa de mais tempo para ser analisado. O tempo suficiente para você desistir de louvar a Deus com esse cântico e esquecer.
Nas equipes de louvor, muitas das vezes cantamos e tocamos os cânticos mais esdrúxulos, mas não importa desde que esses cânticos em maior quantidade, falem da vitória do homem e pouquíssimos da Gloria de Deus ou até do arrependimento do homem perante Deus.
Outro mal que assola as equipes é o ciúme da unção. Os idiotas, só falando assim, não têm a mínima idéia de que todo o dom provém de Deus e a unção é de Deus e não da pessoa. Deus dá a quem Ele quer desde deque você o busque e o obedeça. Não há dons, ou fama, ou aplauso dos irmãos, ou elogios. Busque apenas a Deus porque Ele deve ser adorado.


Em Levitico 25, muitos poderiam vender a sua casa, mas os Levitas se viessem a vender as suas posses, essas seriam lhe devolvidas no dia do Jubileu. Porque Deus fez assim?
Eu lhes digo o porquê. Os Levitas no passado eram verdadeiros adoradores, sacrifícios vivos, dedicados ao louvor e adoração a Deus. Considerados de Deus, tomados no lugar de primogênitos escolhidos (Números 3:12-13). Eles eram responsáveis por montar e desmontar o tabernáculo (Números 1:47-51), e tinham quer buscar realmente a santidade, pois um toque no tabernáculo de forma indigna, provavelmente era morte na certa. Todos eles foram santificados por Deus. Números 1 e 3 são bem explícitos nessa função. Na verdade o que se entende é que eles levavam o santuário nos ombros(Números 7:9). Levavam também a iniquidade dos filhos de Arão (Números 18).
Hoje os Levitas levam qualquer coisa nos ombros, menos o santuário. A falta de compromisso, a falta de zelo, a falta de santidade e falta de vergonha na cara, são apenas algumas faltas de uma lista enorme. Sobem no altar do Senhor de qualquer maneira, com mentiras, hipocresia, invejas, ladrões de dizimo, assassinos de dons, caçadores de unção e de gloria para si. Não fazem a obra e não deixam ninguém fazer. Solicite a um levita ir ajudar em um evangelismo de rua e você terá muitas disculpas: Não posso, não tem equipamento, tenho compromisso hoje, minha voz não está boa, tenho que poupar as minhas cordas vocais(afinal de contas eu tenho que me apresentar para crentes), não posso levar meu instrumento para o relento, etc.... Os Levitas, que carregavam o tabernáculo nos ombros, que levavam a arca da aliança, não existem mais. Vergonhoso cantar frases como “quem quer a glória, traz a arca”. Se a arca representa a presença de Deus, onde é que ela está nestas pessoas?
Em NÚMEROS 8:6-22, os Levitas são santificados(separados) e purificados, e oferecidos como oferta movida pelos filhos de Israel. Quais são os ministérios que se preocupam com o ensino técnico e espiritual dos levitas? Pode se contar nos dedos. Se você ou seu ministério não se encaixa nisso, com certeza não é para você, não se escandalize.
Quantos homens e mulheres de Deus deixaram equipes de louvor por não suportar as injustiças sofridas nessas equipes, mas seu ministério não acabou. Equipe não é ministério, mas há também uns que se dizem ministério, mas na verdade agem como equipe.
O ministério de um homem não inicia e nem termina na Igreja, e sim inicia e termina em Cristo.
Devemos usar os dons que recebemos para cumprir o ide. Escrever canções inspiradas por Deus que façam com que as pessoas se arrependam dos caminhos errados, que façam com que as pessoas adorem a Deus. Hoje muitos cânticos entoados falam de bênçãos materiais e qualquer outro assunto que agrada ao homem.
Preferimos entoar cânticos de outras pessoas, que muitas vezes são verções de grupos estrangeiros e não compor nossos próprios louvores. Parece que a inspiração de Deus só vem para os “Artistas gospel”, eu não tenho nenhuma palavra de louvor para falar de meu Deus. Só lamento.
Muitas passagens falam que os Levitas eram sustentados pelo povo, é sitado em várias passagens bíblicas (Números 31:30), mas eu não vi em lugar algum que eles colocavam preço fixo, ou faziam da casa de Deus um comércio.
Chegamos ao cúmulo de ter em nossas igrejas irmãos vendendo CDs de louvores que não são deles, mas cantados por eles sem permissão do autor. Ajude meu ministério,compre esse CD com vários cânticos conhecidos (feitos é claro por pessoas inspiradas por Deus, que é claro não é o vendedor).
Comércio dentro da casa de Deus me lembra da única passagem em que Jesus perde a linha pelo desrespeito na casa de Deus.
No passado os levitas receberam cidades e o que tinha ao redor delas (Números 35). Hoje muitos não merecem receber o ar que respiram.
Os levitas foram usados para testificar a palavra de Deus e lançar sentença sobre os desobedientes (Deuteronomio 27: 16-26), hoje muitos se encaixam nessa lista de Deuteronomio 27, é vergonhoso.
Deuteronomio 28:1-2, tem uma palavra maravilhosa sobre bênçãos materiais e outras coisas mais. Não é só esticar a mão e falar dá, dá, dá. Tem que ouvir a voz de Deus e guardar seus mandamentos.
Em Deuteronomio 31, o Senhor dá ordem aos levitas que levavam a arca da aliança, que colocassem o livro da lei ao lado da arca. Conclui nessa passagem que a arca representa a presença de Deus, e o livro da lei representa a palavra de Deus. Ou seja o levita tem que ter a presença de Deus em sua vida e carregar consigo também a palavra de Deus, e através de seu ministério levar a palavra e a presença de Deus para as pessoas.
Meu irmão ou irmã, que se consideram levitas. Se você está nesse ministério porque você quer ser uma Aline, Ana Paula, David ou qualquer outro nome famoso, esqueça, seja você mesmo. Deus trabalha na simplicidade e na verdade, e não na complicação e na mentira.
Se você está nesse ministério para apenas gravar e vender CD e DVD, esqueça, Deus não está nesse negócio. O dom de Deus não tem preço. Não busque o sucesso, busque a presença de Deus, busque fazer a obra de Deus. Não é proibido vender CD e DVD desde que dentro da lei, mas use isso para obra de Deus não para o seu prazer.
Se você ainda não sabe qual o seu dom, não se esconda em uma equipe de louvor, e se você se esconder, quando aparecer alguém em que você venha sentir a presença de Deus forte na vida desta pessoa, não tente enfraquece-la espiritualmente.
Tenha visão do reino, e não da ponta do seu dedão e nem do seu umbigo.

Que o Senhor venha como fogo, nos refinar como ouro, tirar todas as impurezas.

Só a Deus daí gloria.

Autor: Paulo Cesar Jr