21.6.11

31- AINDA BARRABÁS


(Mateus 27:21) -  E, respondendo o presidente, disse-lhes: Qual desses dois quereis vós que eu solte? E eles disseram: Barrabás.



O Tempo se passa e ainda trocamos Cristo por Barrabás.
Basta ouvirmos a maioria concordar com algo errado diante das escrituras, que se não vigiarmos, estamos concordando também.

Por outro lado, assim como povo Judeu é de Deus, mas negaram a Cristo em um momento cruciou, na maioria das vezes fazemos a mesma coisa em nosso cotidiano.
Escolhemos o Barrabás do "eu egoísta", escolhemos o Barrabás da "minha razão", escolhemos o Barrabás "dos meus prazeres", e negamos a Cristo, se não em todas, na maioria das ações. Aqueles que deveriam levar a bandeira de Cristo, são os que mais o esquecem.


Não existe cristão verdadeiro que não siga a Cristo. O amor e o perdão são alicerces importantes disso, não algo que possamos escolher. Mais escolhemos amar e perdoar aqueles a quem nos apraz.


Nos consideramos homens e mulheres de Deus, mas na prática somos homens e mulheres de "deus".
Nos afastamos cada vez mais do evangelho, pois o nosso evangelho se tornou a vontade da maioria. Temos necessidade de fazer parte do grupo, nos sentirmos queridos e continuarmos dizendo, Cristo não, soltem Barrabás.....


Paulo Cesar Jr (nosantolugar.blogspot.com)