30.10.12

52 - Uma tristeza profunda


Quando ouço pregações fora do contexto bíblico ou com intenções carnais evidenciadas, se eu não fosse firmado na palavra bíblica, já teria me perdido há muito tempo.
Aqueles que deveriam ser a voz transmissora do Supremo Pastor de ovelhas, tem se omitido por seus próprios interesses e por ação do inimigo na igreja.
Se eu fosse criança na fé, dependente do leite espiritual, estaria nesse momento recebendo alimento estragado, ou ralo e aguado, insuficiente para me sustentar espiritualmente.
Se Deus nos dá o discernimento das escrituras, e dos espíritos maus, que atitude devemos tomar. Nos calar?
Muitos me aconselham a não fazer nada e orar a Deus, mas omissão também não é pecado?
Ainda me pergunto, porque Deus permite os falsos profetas e mestres. 
Quem conhece a bíblia sabe o que acontecerá com eles, mas que posição devemos tomar com eles hoje?
A resposta está em Tiago 5:19,20 - Meus irmãos, se algum entre vós se desviar da verdade, e alguém o converter, sabei que aquele que converte o pecador do seu caminho errado salvará da morte a alma dele e cobrirá multidão de pecados.

Que os pequeninos não se percam, que o Espírito da sabedoria e do discernimento habite no povo de Deus, que a doutrina de Cristo permaneça e que a do homem seja aniquilada.
Eu creio na vontade soberana de Deus, mas também sei que nem todos serão ovelhas.


Mateus 18:6,7 - Qualquer, porém, que fizer tropeçar a um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma grande pedra de moinho, e fosse afogado na profundeza do mar.
Ai do mundo, por causa dos escândalos; porque é inevitável que venham escândalos, mas ai do homem pelo qual vem o escândalo!

Paulo Cesar Jr (nosantolugar@gmail.com)
Só a Deus a glória.