25.5.16

Escambo de emoções


Não posso dizer que os tempos de hoje temos manifestações emocionais diferentes, mas que devido a velocidade da informação e os meios de transmissão atuais, a evidência e o alcance dessas manifestações é bem maior.
Quando se manifesta opiniões hoje na internet, se espera na grande maioria o eco de nossas próprias ideias. Ou seja, alguém que de um like, concorde com o que postamos e compartilhe aquela postagem.
Na maioria das vezes, consideramos os divergentes de nossas ideias, como haters, ou lunáticos, ou incapazes de um pensamento racional, simplesmente pela falta de concordância com nossa linha de raciocínio.
Isso pode extrapolar para a falta de respeito mútuo, no caso de alguns debates nas redes sociais, aos banimentos de grupos, listas de contatos e bloqueio de alguns usuários.
Que no caso é uma forma de evitar ver ou ouvir, opiniões que não lhe massageiem o ego.
Aí o que era para ser social, tornou-se, antissocial.
Muitas amizades, relacionamentos e até casamentos, não resistem as redes sociais, e suas insociabilidades.
Uma outra vertente é os que aproveitam as postagens de outros usuários para se auto promover, por meio de críticas. E essa é fácil. Quer ver alguém concordar com você é falar mal de política, religião e valores sociais. Ou seja, é só se encaixar na modinha de ódio do momento.
O que é preocupante é que na maioria das vezes as pessoas não sabem o que estão defendendo e nem o que significa os termos que usam.
Exemplo de assuntos assim, são as pessoas que se declaram de "direita" ou de "esquerda" sem saber o que é direita e esquerda. Falam de fascismo, comunismo,socialismo e outros ismos, só com algumas linhas que leram na Wikipedia ou que um amigo postou em seu mural. Misturam cresça religiosa com filosofia, esquecendo que tanto a religião quanto a filosofia tem origens de pensamentos diversos, e tem como base algum idealizador.
Vivemos o tempo da intolerância, de troca de emoções, de jogar o lixo no quintal do vizinho, sem esperar que ele jogue de volta.
Éramos felizes e não sabíamos.
Temos uma infinidade de informação através da rede, mas não sabemos usar está informação para nada útil, infelizmente. No contrário quem é mal intencionado, sempre utilizar todas as informações de nosso perfil para nos manipular. Até as propagandas nos são escolhidas.
Acho que está na hora de sermos mais sábios e criteriosos. Pois a sua vida virtual, nunca vai ser a real.

Não julguem apenas pela aparência, mas façam julgamentos justos". - João 7:24    

Paulo Cesar Jr (Apenas uma ovelha)